Contato Comercial
+ 55 41 2169-6868

FIFO: o que é e como funciona esse sistema de armazenamento

por Capital Realty | 10/11/2023 | Armazenagem, Blog


Quando o assunto é organização e gestão de fluxo de estoque, muitos desafios surgem, principalmente na forma como armazenar as mercadorias. Por isso, entender o sistema FIFO, o que é e como utilizá-lo pode apresentar benefícios como maior agilidade nos processos logísticos.

A seguir, preparamos um guia com as principais informações sobre o que é FIFO e como esse sistema funciona. Neste artigo, você lerá sobre:


O que é FIFO?


O FIFO é um sistema de armazenagem que trabalha conforme a sequência da entrada das mercadorias ao estoque, sempre priorizando o despacho daqueles lotes que chegaram antes. 

Também conhecido em português como PEPS (primeiro que entra, primeiro que sai), o FIFO oferece um maior controle de armazenagem. Isso significa que os produtos mais antigos são utilizados primeiro, o que pode ser crucial nos setores em que a deterioração dos produtos é uma questão relevante.


Como funciona o FIFO?


O FIFO é um sistema que estipula a rotação de mercadorias, em que aquele que está mais tempo no estoque sempre sai primeiro, seja qual for o produto.

Além disso, esse sistema determina a ordem de saída dos lotes, ou seja, o primeiro que chega ao estoque, será sempre o primeiro a sair. Assim, nas filas constituídas por essa categoria de sistema, os produtos vão sendo comercializados por ondem de chegada, a começar pelos que estão a mais tempo no estoque.

Desta maneira é possível ter um controle de estoque mais eficaz, não deixando os produtos envelhecerem ou ultrapassarem a sua data de validade.



Quando adotar este sistema?


Esse sistema é utilizado principalmente por empresas que trabalham com o armazenamento de alimentos perecíveis, para que sejam evitados perdas dos produtos pela sua data de validade. O foco principal do uso do FIFO é evitar desperdícios de mercadorias por conta de uma má gestão da cadeia de suprimentos.


Quais os benefícios do FIFO?


Este sistema controla o volume de entrada e saída de produtos e mercadorias do estoque ou de um armazém. Esse é um processo que proporciona vantagens em custo-benefício para a empresa, bem como organização e melhoria a longo prazo.


Redução de custos, espaços e desperdícios


Ao utilizar esse sistema, é possível otimizar o armazenamento de produtos e mercadorias, e promover a redução de grandes espaços no armazém. Assim, os custos tendem a cair, o que é um grande atrativo para as empresas que buscam melhores resultados financeiros.

Além disso, o uso deste sistema facilita o manuseio de produtos perecíveis e evita a perda de mercadorias por expiração do prazo de validade, diminuindo desperdício e, consequentemente, custos.


Gestão visual


Normalmente, é fácil identificar um gargalo em um sistema FIFO. A gestão visual pode ser realizada através da rotulagem adequada dos itens, o uso de cores para diferenciar datas de entrada e saída, e a disposição física dos produtos de forma a refletir a ordem cronológica de entrada. 

Além disso, os próprios colaboradores da sua organização podem ser capazes de identificar alguma falha no sistema e podem corrigir antes que se torne um problema crítico.


Agilidade em processos logísticos


O sistema FIFO opera a partir do fluxo enxuto de materiais, evitando a superprodução e o preenchimento excessivo no sistema. Com isso, o espaço de armazenamento apresenta apenas os itens necessários para a continuidade da operação.

Dessa forma, ganha-se agilidade em processos logísticos, ficando mais fácil para a empresa reagir de forma rápida e eficiente em casos de variações em demandas de seus produtos e mercadorias.


Otimiza a precificação


Como os produtos não permanecem por tanto tempo no estoque, proporcionando um giro mais rápido de produtos armazenados, os desequilíbrios entre os preços de entrada e saída de produtos tendem a diminuir consideravelmente.Isso garante que o custo da mercadoria vendida e o custo do estoque remanescente sejam correspondentes.


Maior agilidade e eficiência


Com o fluxo enxuto de material, o sistema FIFO contribui para a redução de erros operacionais e traz mais rapidez ao processo. Assim, é possível agilizar os procedimentos de preparação do pedido e permitindo que ele chegue mais rápido ao consumidor.

Desta maneira a empresa consegue obter maior rapidez na operação. Pois, a técnica facilita a localização, a separação, a entrada e saída de materiais e produtos do estoque.


Outras categorias de sistema de armazenagem


Além do FIFO, ainda existem outras categorias de sistemas de armazenagem, como o LIFO (Last in, First Out), o FEFO (First Expired, First Out), entenda agora o que são.


LIFO (Last in First Out)


A sigla LIFO significa “Last in, First Out”, ou seja, “Último a entrar, primeiro a sair”. Esse sistema trabalha de maneira contrária ao FIFO, isto é, o último produto a entrar no armazém deve ser o primeiro a sair.

Esse sistema é indicado para empresas que trabalham com estoques que não oferecem risco de perda por validade ou por obsolescência, por exemplo. A lógica desse sistema permite que um aumento no valor da compra das mercadorias junto ao fornecedor seja rapidamente repassada ao consumidor, evitando prejuízo para a empresa.


FEFO (First Expired First Out)


Esse sistema está diretamente ligado à validade do produto. A sigla FEFO quer dizer “First Expire, First Out”, isto é, “primeiro a vencer, primeiro a sair”. Nesse sistema, a empresa deve ter o controle da validade dos itens e retirá-los do estoque assim que se aproximam da data de validade.

Ele é amplamente utilizado no setor alimentício, no qual a avaliação da qualidade do produto está diretamente relacionada ao prazo de validade.


Condomínio logístico: o que é e como ajuda na sua expansão logística


Para que o FIFO seja aplicado de forma eficiente em uma operação, é necessário que outros aspectos, como logística, organização e espaço físico estejam preparados para atender as necessidades da empresa.

Para grandes operações, os condomínios logísticos são um recurso que ofertam infraestrutura e serviços para comportar o armazenamento de empresas. No site da Capital Realty, você pode conferir mais informações sobre como esse modelo de estrutura pode oferecer as melhores soluções em armazenagem para a sua empresa.


Capital Realty

Capital Realty

A Capital Realty é referência na área de condomínios logísticos industriais, infraestrutura logística, construção e administração de empreendimentos sob medida, com um portfólio de mais de 500 mil m² de área construída. Com forte atuação nos três estados da Região Sul e em São Paulo, a Capital Realty oferece uma equipe formada por gestores e engenheiros com larga experiência no mercado imobiliário e se destaca pela capacidade técnica de desenvolver, executar e gerir ativos imobiliários de forma inovadora. Os empreendimentos levam a bandeira Mega, classificados como padrão A de infraestrutura logística/industrial e disponibilizam todo o suporte para os clientes que se instalam nos centros logísticos.